Encontrar água potável para consumo é, há anos, um problema rotineiro em diversos países do mundo, principalmente nos continentes africano e asiático. No mundo, são quase 750 milhões de pessoas sem acesso à água potável, segundo dados da Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância). Buscando soluções viáveis para contornar esse problema, uma startup americana inventou um sistema que purifica a água, além de gerar e armazenar energia solar, podendo distribuí-la para quem mais precisa, principalmente países como Kuwait, Líbia, Djibouti, Iêmem, Arábia Saudita e Omã, consideradas as regiões mais vulneráveis segundo um levantamento da consultoria britânica Maplecroft.

 

Localizada na cidade de Sacramento, Califórnia, nos Estados Unidos, a Tenkiv’s inventou o dispositivo com o objetivo de democratizar o acesso à água potável e à energia renovável, pensando nas pessoas que sofrem com a falta de água hoje e também no futuro das próximas gerações.

 

Tenvik - Sistema purifica águaPara que esse projeto se tornasse realidade, a companhia arrecadou recentemente US$ 50 mil, via financiamento coletivo, para produzir em larga escala esse sistema que purifica a dois mil litros de água por dia com energia solar e ainda produz, armazena e pode converter energia para outros meios.

 

Para tornar isso possível, a companhia usa o calor do sol ao invés da tecnologia fotovoltaica. É a chamada tecnologia térmica solar. Esse método custa aproximadamente 1/13 do valor de um painel solar, e 1/5 do valor de qualquer fonte de combustível fóssil. Isso a torna mais viável e escalável para países com baixo IDH. Entenda como o sistema funciona neste vídeo.

 

Segundo informações da empresa, esse dispositivo vai permitir utilizar a fonte mais abundante de energia disponível do mundo de maneira acessível e mais barata. As implantações do sistema que purifica a água já começaram, e com o tempo, a companhia pretende atingir diversos países e substituir algumas fontes de energia fósseis.

 

Fonte: The Greenest Post.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *