Memórias Póstumas de Brás Cubas - 3S Projetos

No dia 07 de junho, a cidade de Campinas receberá a adaptação teatral da obra Memórias Póstuma de Brás Cubas, de Machado de Assis. As apresentações acontecem às 10h e 14h, no Teatro Maria Monteiro, e após cada uma, haverá também uma oficina de literatura para os presentes. A entrada é gratuita, porém serão arrecadados um quilo de alimento não perecível e um livro em bom estado.

 

Essas apresentações fazem parte do projeto “Inversão: do Teatro à Literatura” que busca proporcionar ao público infantil e juvenil uma experiência diferente para o aprendizado da literatura e da encenação, onde primeiro é feita a apresentação teatral, para depois ser feito o texto, buscando o caminho inverso do que é habitual.

 

Escrita em meados dos anos 1880, a obra Memórias Póstumas de Brás Cubas tem como características marcantes o tom cáustico e o novo estilo adaptado pelo autor, audacioso e inovador. A narração é feita de forma livre, não linear, e retrata o Rio de Janeiro da época com pessimismo, ironia e indiferença, características que fizeram com que a obra fosse amplamente considerada o início do Realismo no Brasil.

 

Após a apresentação, o público presente vai participar de uma oficina de literatura, onde poderão colocar em prática diversos conhecimentos sobre o estilo literário abordado, e transformar em texto o que foi apresentado na peça.

 

O projeto Inversão: do Teatro à Literatura recebe apoio da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo por meio do ProAC, com apoio da Secretaria de Cultura de Campinas. O projeto também tem o patrocínio da RB (Reckitt Benckiser), empresa global líder em bens de consumo de saúde e higiene. Com o propósito de oferecer soluções inovadoras para vidas mais saudáveis e lares mais felizes, a RB orgulhosamente comercializa no Brasil diversas marcas em várias categorias, entre elas: Veja, SBP e Vanish.

 

Serviço – A peça Memórias Póstumas de Brás Cubas acontece na quarta-feira, 07 de maio, às 10h e 14h, no Teatro Maria Monteiro (rua Dom Gilberto Pereira Lopes, Vila Padre Anchieta). A entrada é gratuita e livre para todos os públicos.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *