energia renovável - 3S Projetos

Um estudo lançado no último mês pela Universidade de Tecnologia Lappeenranta (LUT) em parceria com o Grupo Energy Watch (EWG) mostrou que a energia renovável pode suprir 100% da necessidade energética mundial;  não mais uma possibilidade utópica, mas sim uma realidade tangível. A pesquisa foi lançada durante a COP23, a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas, que aconteceu em Bonn, na Alemanha, e seus resultados animaram especialistas.

 

A transição das fontes não-renováveis para as sustentáveis foi comprovada com resultados reveladores: um sistema elétrico global que é totalmente baseado em energia renovável é mais viável a cada hora ao longo do ano, e é muito mais rentável do que os sistemas existentes de combustíveis fósseis e energia nuclear.

 

As tecnologias para tornar isso possível já existem, e de acordo com os autores do estudo, o potencial de energia renovável atual e as tecnologias de geração e armazenamento da mesma já podem gerar energia suficiente e segura para cobrir toda a demanda global de eletricidade até 2050. Atualmente, combustíveis fósseis são responsáveis por mais de dois terços da oferta energética. A transição desse meio para um 100% renovável seria liderada pela energia solar fotovoltaica e armazenamento de bateria, representando 69% da matriz energética total. Em seguida, energia eólica com 18%, hidrelétrica com 8% e bioenergética com 2%.

 

Energia renovável - 3S Projetos“Uma descarbonização total do sistema elétrico até 2050 é possível a um custo o menor do sistema do que hoje com base na tecnologia disponível. A transição energética não é mais uma questão de viabilidade técnica ou econômica, mas de vontade política”, afirmou Christian Breyer, principal autor do estudo, professor de Economia Solar na LUT e Presidente do Conselho Científico do EWG.

 

Uma transição para 100% de fontes renováveis ainda reduziria as emissões de gases de efeito estufa no setor elétrico até zero e reduzirá drasticamente as perdas totais na geração de energia. Elas criariam 36 milhões de empregos até 2050, 17 milhões a mais do que hoje.

 

 

Os principais resultados estabelecidos pelo estudo

 

1. O potencial de energia renovável existente e as tecnologias, incluindo o armazenamento, podem gerar energia suficiente e segura para cobrir toda a demanda global de eletricidade até 2050. Espera-se que a população mundial cresça de 7,3 para 9,7 bilhões. A demanda global de eletricidade para o setor de energia deve aumentar de 24.310 TWh em 2015 para cerca de 48.800 TWh até 2050.

 

2. A transição energética global para um sistema elétrico 100% renovável cria 36 milhões de empregos em 2050 em comparação com 19 milhões de empregos no sistema elétrico de 2015.

 

3. As perdas totais em um sistema elétrico 100% renovável são cerca de 26% da demanda total de eletricidade, em comparação com o sistema atual em que cerca de 58% da entrada de energia primária é perdida.

 

4. O custo total nivelado de eletricidade (LCOE) em uma média global de energia 100% renovável em 2050 é de € 52 / MWh (incluindo redução, armazenamento e alguns custos de grade), em comparação com € 70 / MWh em 2015.

 

5. As baterias são a principal tecnologia de apoio para a energia solar fotovoltaica. A produção de armazenamento abrange 31% da demanda total em 2050, dos quais 95% são cobertos apenas por baterias. O armazenamento de bateria fornece principalmente armazenamento diurno, e o gás à base de energia renovável fornece armazenamento sazonal.

 

6. As emissões globais de gases de efeito estufa são significativamente reduzidas – de cerca de 11 GtCO2eq em 2015 para zero emissões em 2050 ou mais cedo, já que o LCOE total do sistema de energia diminui.

 

Fonte: CicloVivo

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *