FoodBytes 2018 - 3S Projetos

O Rabobank – banco mundial de alimentos e agricultura que busca construir um futuro alimentar melhor para todos – tem um dos projetos mais ambiciosos da indústria alimentar: alimentar o mundo de forma sustentável até 2050. Por isso, criou o FoodBytes!, uma oportunidade de rastrear ideias e tendências que irão mudar nosso sistema alimentar.

 

A edição de 2018 desse evento ocorrerá nas cidades de São Francisco, Montreal e Nova York e se inicia em março e é uma competição criada para que empreendedores inovadores, líderes de indústria, investidores e startups se reúnam promovendo um espaço para o empreendedorismo prosperar.

 

O evento é uma oportunidade única para observar de perto as novas ideias e tendências que estão sendo disruptivas no sistema alimentar. Esses projetos incluem transformadores de produtos limpos, uso de ingredientes naturais, proteínas baseadas em plantas e redução de resíduos alimentares. Essas tendências nos aproximam de um futuro onde a alimentação será limpa e sustentável, que segundo o banco, deve chegar até 2050.

 

No ano passado, 60 empresas apresentaram seus produtos inovadores, e nesse ano espera-se que bebidas de substituição de refeições e alimentos, bebidas fermentadas e nutrição personalizada provavelmente ganhem força. Para Paula Savanti, analista de alimentos para consumidores do Rabobank, a “FoodBytes! é uma plataforma de descoberta que amplifica tendências novas e muitas vezes inesperadas dentro da comunidade inicial. Nós adoramos como esse programa é sobre conectar-se com empresários na linha de frente da inovação”, contou.

 

Entre as 60 empresas que apresentaram no FoodBytes de 2017, as soluções e tendências que se destacaram para ultrapassar desafios alimentares e agrícolas foram:

  • Projetos limpos de produtos existentes: empresas como Nom Noms World Food e Good Seed estão reinventando produtos existentes usando rótulos limpos e ingredientes naturais – esse movimento é relevante nas categorias de refeições prontas e alimentos congelados.
  • Redução de resíduos de alimentos: empresas como Coffee Flour, Renewal Mill e Flashfood Inc estão criando novos sistemas para cortar o desperdício de alimentos, desde da fabricação de alimentos até aplicativos que vendem alimentos com desconto.
  • Aumento da eficiência através da tecnologia inteligente: Startups como AgVoice, ImpactVision e XING Technologies utilizam tecnologias como software de reconhecimento de voz e nanotecnologia para melhorar a eficiência da produção e simplificar o teste de patógenos (que podem originar doenças) e controle de qualidade.

FoodBytes 2018 começará em São Francisco no dia 1 de março, seguido de Montreal no dia 16 de maio, para Nova York no outono de 2018.

 

Fonte: StartSe

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *