Barra Bonita - 3S Projetos

Experiências, teatro, conhecimento e diversão. É com a união de todos esses elementos que o espetáculo Cuidados com a Água vai ensinar ciência de forma lúdica nesta terça-feira (20) em Mombuca. Os cientistas malucos que apresentam a peça vão entrar de cabeça em experimentos que explicam as propriedades do H²O, estimulando a criançada a aprender um pouco mais sobre a problemática que o mundo enfrenta na questão hídrica. As apresentações acontecem às 10h15 e às 13h30 no Ginásio da EMEF Professora Argentina Francês.

 

Quem nos apresenta essa história é um cientista maluco e seu assistente atrapalhado, que ao subir no palco tropeça em uma bacia com água. Esse é o gancho para uma discussão divertida sobre as propriedades da água, suas utilizações e o desperdício. Tudo isso com experiências e demonstrações impactantes, abordando a questão da sustentabilidade de forma diferente e divertida.

 

A plateia tem participação ativa nesta apresentação, que traz de forma única a problemática que o mundo enfrenta na questão da água. “Nossas apresentações são espetaculares e interativas, planejadas para maravilhar e entreter a todas as faixas etárias, agradando inclusive aos adultos. De um modo muito divertido e interessante, mostramos a diferença entre mágica e ciência”, afirma Dany Artel, cientista da Mad Science.

 

 

Se Eu Pudesse Mudar o Mundo

Cuidados com a Água é um espetáculo do projeto Se Eu Pudesse Mudar o Mundo, que visa alcançar o público infanto-juvenil em apresentações envolventes abordando temas como sustentabilidade, cidadania, sociedade e saúde. A partir da dramática proposta, os espectadores se identificam com os personagens, facilitando a assimilação de conhecimentos, valores, atitudes e posturas sociais.

 

O Cuidados com a Água é uma iniciativa do Ministério da Cultura por meio da Lei Rouanet, com produção da 3S Projetos, apoio da Prefeitura Municipal de Mombuca e patrocínio da Raízen. “A companhia tem como foco investir em projetos voltados à educação e cultura nas regiões em que atua. Projetos como esse contribuem para o desenvolvimento sociocultural dos expectadores e são significativos para informar aos jovens questões importantes sobre o processo de amadurecimento e, assim, torná-los adultos mais seguros”, afirma o gerente administrativo da Raízen, Luiz Carlos Lucatelli.

 

Sobre a Raízen

A Raízen se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis. A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 24 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2,1 bilhões de litros de etanol por ano, 4,5 milhões de toneladas de açúcar e tem capacidade para gerar cerca de 940 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar. A empresa também está presente em 66 bases de abastecimento em aeroportos, 67 terminais de distribuição de combustível e comercializa aproximadamente 25,2 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por mais de 5.900 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 950 lojas de conveniência Shell Select. Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 14 anos, a Fundação Raízen possui seis núcleos no interior do Estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.

 

Serviço – O espetáculo Cuidados com a Água, uma apresentação do projeto Se Eu Pudesse Mudar o Mundo, acontece na terça-feira, 20 de fevereiro, às 10h15 e às 13h30 no Ginásio da EMEF Professora Argentina Francês (Rua XV de Novembro, 565) em Mombuca. A entrada é gratuita e a classificação é livre para todos os públicos.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *