A Austrália iniciou uma revolução antes nunca vista na maneira como cuida do meio ambiente e da população: o país vai distribuir kits de energia solar gratuitamente para 50 mil lares. Os moradores agora podem economizar energia ao mesmo tempo em que contribuem para a preservação do meio ambiente, sem ter que arcar com os custos altos de compra e instalação das placas fotovoltaicas

 

A inciativa trata-se de uma parceria entre o governo da Austrália e a Tesla, que visa transformar as casas em geradores de energia conectados à rede. A ideia é que os lares sejam interligados, podendo compartilhar energia a partir de um sistema inteligente. Segundo Jay Weatherill, primeiro-ministro da Austrália, a iniciativa tem potencial para se tornar a maior central solar virtual do mundo. E o mais bacana: todo o projeto será financiado pela própria venda do excedente energético produzido pelas casas.

 

O projeto deve começar em junho deste ano, e em fase de testes, 100 casas de propriedade pública receberão o kit com painéis solares e pilhas recarregáveis. Se obtiver sucesso, o projeto segue para sua segunda fase, que abrangerá mil residências, e na sequência será expandido para as 50 mil casas do sul da Austrália.

 

 

A região na qual vai ser implantando os kits sofre recorrentes cortes de energia, e por isso foi escolhida para o projeto. O incidente mais recente ocorreu em fevereiro de 2017, quando uma onda de calor fez com que a demanda por eletricidade aumentasse de forma considerável, resultando em um blecaute na região.

 

A expectativa, no entanto, é que nos próximos 4 anos o projeto consiga se expandir para outros locais do país, por meio de financiamento de contribuintes locais e de um fundo de tecnologia, cedido pelo Estado, no valor de aproximadamente US$ 25 milhões.

Fonte: Engenharia E.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *