A Cervejaria Ambev irá inaugurar, no início deste ano, uma usina de energia solar em sua Cervejaria de Uberlândia. A planta irá gerar energia elétrica limpa o suficiente para a operação de 100% dos centros de distribuição que a companhia mantém no estado de Minas Gerais. Esse é o primeiro passo para que, até 2025, todas as operações da Cervejaria Ambev no país utilizem energia vinda de fontes renováveis.

 

O projeto funciona por meio de geração distribuída, ou seja, a energia solar gerada pela planta, equivalente à quantidade utilizada nos centros de distribuição, é disponibilizada para a grade pública do estado. Além disso, a usina, que contém mais de 4.905 painéis solares e capacidade de geração de 1.815 kWp, contribuirá para que 1.910 toneladas de CO2 não sejam emitidas, garantindo uma operação cada vez mais sustentável.

 

“A construção dessa usina de energia solar é um marco na história da companhia e um passo importante em direção a um futuro onde todas as nossas operações serão abastecidas por eletricidade gerada por fontes sustentáveis. Temos certeza que o reflexo positivo de projetos como esse nos ajudará a construir o sonho que temos de um mundo melhor para as próximas gerações”, afirma Rodrigo Figueiredo, vice-presidente de Sustentabilidade e Suprimentos da Cervejaria Ambev.

 

1 bilhão para a sustentabilidade

Nos últimos cinco anos, a cervejaria destinou mais de R$ 1 bilhão para projetos voltados a esse fim em sua operação. O montante contribuiu para a superação de seis das sete metas ambientais anunciadas em 2013 para serem atingidas em 2017. Agora, a cervejaria anunciou mais um passo importante nesse trabalho, com novos compromissos, que têm previsão de atingimento até 2025. As metas, definidas pela AB InBev globalmente, são divididas em quatro pilares, sendo que um deles se refere especificamente a energia limpa:

 

  • Embalagem Circular: 100% dos produtos da Cervejaria Ambev devem estar em embalagens retornáveis ou que sejam majoritariamente feitas de conteúdo reciclado.
  • Ações Climáticas: 100% da eletricidade comprada pela Cervejaria Ambev deve ser advinda de fontes renováveis. Além disso, a cervejaria vai reduzir em 25% as emissões de carbono ao longo da sua cadeia de valor.
  • Gestão de Água: melhorar de forma mensurável a disponibilidade e a qualidade da água para 100% das comunidades em áreas de alto estresse hídrico com as quais a cervejaria se relaciona.
  • Agricultura Inteligente: 100% dos agricultores parceiros da cervejaria devem estar treinados, conectados e com estrutura financeira para desenvolver um plantio cada vez mais sustentável.

 

Fonte: Redação CicloVivo

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *