O fabricante automotivo Toyota se uniu com o fabricante de produtos eletrônicos Sharp Corporation e com a NEDO, uma agência do governo japonês, para testar sua nova versão do modelo Prius solar nas estradas públicas de Tóquio.

 

O teto solar da Sharp possui 0,03mm de espessura, mas fornece cerca de 860 watts de potência, e possui um sistema onde a bateria é recarregada quando o veículo está parado e também enquanto está sendo conduzido: um adicional importante em comparação à última versão, o Prius PHV. Os testes começam esta semana, porém a data de lançamento comercial ainda não foi anunciada.

 

Durante os testes, o carro será testado sob várias condições. A companhia avaliará os benefícios com base na melhoria na redução de emissões de CO2 e também na conveniência -, como o número de vezes que um veículo necessita de recarga. O objetivo é contribuir para a criação de um novo mercado de baterias solares, encontrando soluções para questões energéticas e ambientais.

 

Essa não é a primeira vez que a Toyota criou painéis solares para carros. Em 2010, a empresa começou a vender painéis que podiam recarregar a bateria auxiliar do veículo (que alimenta sistemas secundários, como o sistema de navegação por satélite e o controle climático).

 

Agora, o painel deve ser muito mais eficiente. Ele deve ser capaz de produzir quase cinco vezes mais energia que o modelo anterior e oferecer quase sete vezes mais poder de alcance.

 

A companhia justificou sua decisão de focar em híbridos dizendo que, se usar sua capacidade de produção de bateria para fabricar uma quantidade maior de híbridos, reduzirá mais as emissões de carbono do que se produzisse uma quantidade menor de veículos elétricos puros. No entanto, a Toyota se contradisse ao anunciar planos de criar uma plataforma de transmissão totalmente elétrica em parceria com a Subaru, indicando que um veículo elétrico da marca também pode estar a caminho.

 

É compreensível o fato do modelo ainda não ter sido aprovado definitivamente. A energia produzida por um painel solar é muito pequena. Mas algumas empresas continuam investido no sistema. A startup Lightyear planeja começar a disponibilizar o “carro solar” aos consumidores, em 2021, e a Hyundai também anunciou planos de começar a instalar o teto solar em alguns carros selecionados.

 

Fonte: Olhar Digital

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *